Praia da Nazaré

Edificada na costa atlântica do centro de Portugal, a 100 km de Lisboa e a 230 km do Porto, a Nazaré é uma das vilas mais típicas do nosso País.

Envolvida por falésias, praias e pinhais, a Nazaré, inicialmente dependente da pesca, preserva uma ligação importante ao mar que se traduz, na atualidade, numa dinâmica associada ao turismo, destacando-se a relevância do extenso areal rico em iodo, da atividade termal ou das tradições associadas à pesca artesanal.

Uma curiosa Lenda atribui o topónimo Nazaré a uma imagem da Virgem oriunda de Nazareth, na Palestina, queum monge grego teria trazido, no século IV. No século VIII teria chegado ao Mosteiro o fugitivo Rei D. Rodrigo, último rei visigodo da Península Ibérica, depois da sua derrota, frente aos Mouros, em Guadalete. Aí teria encontrado Frei Romano que o acompanhou na sua fuga, trazendo com ele a imagem da Virgem e uma caixa com as relíquias de S. Brás e de S. Bartolomeu. Antes de morrer, Frei Romano teria escondido a imagem numa lapa, no Sítio, onde ficou guardada durante quatro séculos, sendo então descoberta por pastores, que a passaram a venerar.

D. Fuas Roupinho, alcaide-mor do Castelo de Porto de Mós, tinha por hábito caçar nesta região. Conta a lenda que também ele descobriu a imagem e a venerou. Algum tempo passado, uma manhã de nevoeiro, a 14 de Setembro de 1182, perseguia D. Fuas um belo veado quando o viu desaparecer no precipício. Alarmado pelo perigo, D. Fuas pediu auxílio à Virgem e logo o cavalo estacou salvando a vida ao cavaleiro.

Venerada desde então, a imagem teria dado origem ao nome do lugar – Sítio de Nossa Senhora de Nazareth.

Mais recentemente, a Nazaré foi conhecida em todo o Mundo por Garrett McNamara ter, na praia do Norte, batido o recorde mundial, ao surfar uma onda de mais de 30 metros de altura.

Ondas desta envergadura são frequentes durante o Inverno devido à existência do “Canhão da Nazaré”, desfiladeiro submarino começa a definir-se a cerca de 500 metros da costa, ao largo da Praia da Nazaré, próximo do promontório do Sítio, atingindo uma profundidade superior a 5000 metros, sendo o maior da Europa e um dos maiores do Mundo.

Parte do concelho da Nazaré insere-se no designado Pinhal de Leiria, a maior reserva de pinheiros bravos da Península Ibérica. É no interior desta reserva ecológica, com mais de 12.000 hectares, que se situa o Vale Paraíso Natur Park.

As suas belezas naturais, o clima ameno, o povo simpático e hospitaleiro, a luz, a arte, as suas tradições e lendas tornaram a Nazaré musa inspiradora de artistas de todo o mundo.

A Nazaré insere-se na Região de Turismo do Centro, repleta de história, património, gastronomia e belezas naturais, sendo o local ideal para umas férias inesquecíveis.

Praias

A região oeste é conhecida pelas suas praias, sendo a zona da Nazaré um dos expoentes máximos dessa oferta. A Norte e a Sul há uma imensidão de praias para todos os gostos: a bonita enseada da Nazaré, uma praia junto á vila típica, tem ano após ano exibido a bandeira azul.
A Norte temos ótimas praias para a prática de surf e body board, praias quase em estado selvagem para quem gosta de apanhar sol num clima relaxado.
A Sul além de continuar a haver ondas também há praias que se diferenciam por outras qualidades, praias de naturismo, praias para excelentes pescarias, praias com o vento ideal para desportos radicais.
Venha e escolha....

Artesanato

O artesanato local expressa a relação entre a vila e o oceano, sendo as bonecas típicas e os barcos em miniatura as peças mais relevantes do trabalho manual.    

Ondas Gigantes

O Vale Paraíso Camping - Nazaré está rodeado de um conjunto de praias, delas se destacando a Praia do Norte a qual foi recentemente reconhecida como a praia com a maior onda do mundo, surfada várias vezes por Garret McNamara.

Folclore

A originalidade do folclore da Nazaré vem, principalmente, do carácter forte que caracteriza o povo. Eles dançam o "Vira", uma dança original do norte de Portugal que ganhou aqui novas e originais características rítmicas e movimentos, mas também dançam o "corridinho" (uma dança tradicional da região do Algarve e transformada pelo ritmo da Nazaré), mas tão enérgica que deixa bailarinos e plateia sem fôlego.

Gastronomia

A gastronomia típica da Nazaré é caracterizada por pratos de peixe e moluscos de várias espécies e modos de preparação. A "caldeirada" (ensopado de peixe), o peixe fresco grelhado (sardinhas, cavalas, douradas, pargos, robalos, etc). Nos doces os tamares, sardinhas(doces) e nazarenos são os doces mais importantes que podem ser degustados em muitas pastelarias e lojas da Nazaré.

Recreação da arte “Xávega”

Todos os anos, durante os meses de Maio e Junho, todas as tardes de Sábado às 16:00, a praia da Nazaré recupera a arte de pesca tradicional - a "arte Xávega". Pescadores, mulheres vestidas com o traje tradicional, e quem quiser ajudar, puxa as redes de pesca da costa, numa coreografia de força e cor.

Verão na Nazaré

No Verão na Nazaré é sempre muito animada. Durante o dia, o sol, o mar e a praia, desportos de praia, passeios de observação da natureza e de actividades pedagógicas e ambientais para todas as idades até ao fim do dia. À noite, há todo tipo de actividades de entretenimento: música ao vivo, danças folclóricas, shows de dança, etc. As ruas e bares estão sempre abertos e cheios de gente.

O Verão traz as festas populares e também as Touradas nas noites de sábado. A Jazz Big Band e Festivais também fazem parte da oferta de entretenimento de verão.

Surf e Body Board

A Nazaré e as suas praias vizinhas proporcionam excelentes condições para a prática de Surf, Body Board e outros desportos aquáticos.

 

PRAIA DO NORTE
A famosa Praia do Norte e o seu Canhão não produzem só as ondas de 30 metros que todos gostamos de ver, em grande parte do ano dá ondas perto da perfeição e para todos os gostos, sendo o local de treino ideal como comprovam os resultados mais recentes dos surfistas da vila da Nazaré.

PRAIA DA VILA
Ao largo do areal da Nazaré, conhecida pelos surfistas como "Praia da Vila", o mar proporciona uma onda junto á costa ideal para iniciar a prática de surf e body board, tendo 2 escolas de surf à escolha, é só vestir o fato e começar a dar braçadas.
Junto às rochas do promontório, quando estão reunidas as condições ideais, forma-se uma direita muito apreciada pelos praticantes e fotógrafos, porque além de ser um desafio é uma onda que proporciona belas imagens com o promontório da Nazaré como cenário de fundo.

PRAIA DO SUL
A sul da Nazaré e do seu porto de abrigo, situa-se a praia do sul que proporciona uma onda diferente, especialmente apreciada pelos body-boarders.

A norte da Nazaré através da Estrada Atlântica existem diversas praias que produzem ondas boas com muita frequência, das quais destacamos a Polvoeira, Vale Furado, Paredes da Vitória e São Pedro.

 

VERIFIQUE AS CONDIÇÕES
PARA OS PRÓXIMOS DIAS

      

 

LEIA O ARTIGO SOBRE A NAZARÉ
NA REVISTA TRAVELER

 

Percursos Pedrestes

Estando rodeados pela maior mancha de pinheiros bravos da Península Ibérica, por praias fabulosas, algumas quase em estado selvagem e por um terreno marcado pelo relevo irregular, em volta do Vale Paraíso há todas as condições para todo o tipo de actividades em harmonia com a natureza, das quais destacamos:

PERCUROS PEDESTRES (ver link)

 

Ciclovia

Estando rodeados pela maior mancha de pinheiros bravos da Península Ibérica, por praias fabulosas, algumas quase em estado selvagem e por um terreno marcado pelo relevo irregular, em volta do Vale Paraíso há todas as condições para todo o tipo de actividades em harmonia com a natureza, das quais destacamos:

Ciclovia de 23km com o Atlântico e o Pinhal de Leiria como cenário de fundo. 

CICLOVIA ESTRADA ATLÂNTICA (ver link)

De que é feito o paraíso.

VALE PARAÍSO NATUR PARK
Estrada Nacional 242 . 2450-138 Nazaré
GPS: N 39.620355 W 9.056278

T. +351 262 561 800 / 931 623 592
info@valeparaiso-naturpark.com

Sistema de gestão integrado cofinanciado por:
 

© Copyright 2015 Vale Paraíso Natur Park. Todos os direitos reservados.